Danilo Maia, Comerciante Varejista
  • Comerciante Varejista

Danilo Maia

Belo Horizonte (MG)
8seguidores1seguindo
Entrar em contato

Recomendações

(2.431)
J
Juvenil Henrique
Comentário · há 4 meses
Injusto? Por quê? O problema do brasileiro é que foi educado, doutrinado, nesses últimos 50 anos, que Estado é o todo provedor. Não importando o quanto que se custa, gasta com a manutenção do Estado e de toda a sociedade pelos governos de plantão, aliada à reclamação, da população, da alta carga tributária (que é gigantesca). Tudo tem um custo. Qualquer um que se "aposenta", o dinheiro vem do Estado, via INSS (para os aposentados da iniciativa privada). Dinheiro de todos os brasileiros e empresas privadas e da União. Dinheiro arrecado de cada trabalhador e empresa nos contracheques e lucro e faturamento das empresas e etc. O aposentado, que nunca contribuiu ou contribuiu pouco receberá aposentadoria (mínimo de um salário mínimo) com o dinheiro de outros trabalhadores que contribuem e contribuíram durante a vida laborativa. É o sistema de repartição contributiva. Quem nunca ou pouco contribuiu estará sendo remunerado (aposentadoria) do fundo, dinheiro dos outros trabalhadores e da União. Esse mesmo "aposentado" estará recebendo uma aposentadoria de R$ 11.700,00/ano (considerando o salário mínimo de R$ 900,00 + 13º salário) durante, pelo menos, 10 anos de vida (perspectiva de vida após os 60 ou 65 anos), em um total de R$ 117.000,00, sem nunca ter contribuído em vida laboral ou contribuído pouco. Essa contribuição pouca, seria, por exemplo, se consideramos que ele (a) trabalhou e contribuiu por 10 anos na alíquota do salário mínimo, na faixa de 8% sobre o salário. Nessa alíquota, que é a mais comum, o "aposentado" teria contribuído com R$ 72/mês (8% de R$ 900,00 - salário mínimo considerado), durante 10 anos de trabalho. O que daria, em 10 anos, um valor acumulado ao fundo previdenciário de R$ 9.360,00 (R$ 72,00 x 13 meses x 10anos) por parte desse "aposentado" que contribuiu com "pouco". Ou seja, durante a vida laborativa e contributiva dele, contribuiu com R$ 9.360,00 para o fundo previdenciário, durante 10 anos, e, quer receber, e recebe, R$117.000,00, numa perspectiva de 10 anos de aposentadoria. Esse é um dos motivos, entre outros, que a previdência, atual, está quebrando e está quebrada. Vale lembrar que, os enormes números de desempregados e os trabalhadores informais, não estão contribuindo ao sistema. Sistema esse, que será "chamado" a pagar as futuras aposentadorias desses desempregados e informais de agora e do futuro. Pense nisso!
Pedro Dejneka, Advogado
Pedro Dejneka
Comentário · há 5 meses

Perfis que segue

(1)
Carregando

Seguidores

(8)
Carregando

Tópicos de interesse

Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Danilo

Carregando

Danilo Maia

Entrar em contato